1.8.06

Desabafos da pessoa idiota e com fome que há em mim


O Pavor Cor de Lama

A hora de almoço aproxima-se com lentidão.
Tic tac, tic tac no meu estômago.
Num turbilhão, apertam-se as enzimas que gritam ardentemente pelo bolo alimentar.
We want food! guincham em tom de rebelião.
Subitamente uma onda castanha.
Pash pash pash
Levanta-lhes os pés, enquanto as lança contra as paredes.
Todas tremem.
Vibram de medo e libertam adrenalina.
Apenas a Pepsina, de franja e saia comprida,
se destaca pela sua coragem.
Levantando-se, inquere:
Quem sois, terrível mancha castanha?
Como ousas invadir o nosso orgão muscular,
lar dos docinhos e bifinhos?
Por Toutatis, quem sois?!
Com uma voz estrondosa, a mancha cor de lama berra:
O meu nome é Ucal.
Leite Ucal.

1 comentário:

Caroca disse...

O meu nome é Ucal, Ucal Fresco !! É imprescindivel !!! E nc cometer o erro d o trocar pelo Agros...